GMIDIA.COM

Dois servidores são afastados e um empresário é preso em operação em Imaruí

Polícia Civil deflagrou a operação "Gêmeo do Mal" contra fraudes em licitações na manhã desta segunda-feira (9)


Dois servidores são afastados e um empresário é preso em operação em Imaruí A Polícia Civil deflagrou na manhã desta segunda-feira (9) uma operação que apura fraudes em licitações, organização criminosa e outros crimes em Imaruí, no Sul do Estado. Um empresário foi preso e dois servidores públicos foram afastados das funções.

A operação, batizada de “Gêmeo do Mal”, é realizada pela 2ª Decor (Delegacia Especializada no Combate à Corrupção – Região Sul), em investigação conjunta com a Delegacia de Polícia da Comarca de Imaruí. Os valores envolvidos, em pouco mais de três anos, ultrapassam R$ 3,1 milhões (não corrigidos).

De acordo com informações da Polícia Civil, a investigação começou há cerca de quatro meses. Foram identificadas suspeitas de que os envolvidos criaram uma organização criminosa com o objetivo de subtrair recursos públicos através de fraudes em licitações, superfaturamento de serviços e obras, prestação insuficiente e/ou deficiente, descumprimento de obrigações dos editais, entre outros.

As apurações mostraram que um empresário, associado a agentes públicos, é suspeito de utilizar-se da própria empresa para monopolizar licitações e propiciar o enriquecimento ilícito dos envolvidos. Além disso, um servidor público que atuou nas comissões de licitações foi identificado como “sócio oculto” da pessoa jurídica utilizada pela organização criminosa.

Além dos crimes mencionados, há indícios da prática de corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e improbidade administrativa.

Servidores afastados e buscas em repartição pública
Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva contra o empresário investigado e sete mandados de busca e apreensão nas residências dos suspeitos e em repartições públicas.

Dois servidores públicos foram afastados das funções. A decisão judicial determinou, ainda, a suspensão de todos os contratos vigentes, além de pagamentos a receber, além de outras medidas para aprofundar a investigação.

FONTE: ND+



Samuel Cardoso Damazio       09/11/2020 As 11:34:34


Funerária Gomsan Garopaba


Funerária Gomsan Garopaba

Chegamos em Garopaba - Com mais de 40 anos de atividades na cidade de Lagun...


Sacolão Kons


Sacolão Kons

Sacolão kons Horário de funcionamento: sexta-feira das 06h00 às 19h00 ...

Galeria de Vídeos

Bela por natureza, Garopaba muito linda....

Cobertura de eventos

Fotos da Região

Fotos de Garopaba Garopaba

Lazer & Entretenimento

Viva Ibira - Turismo Ecológico Viva Ibira - Turismo Ecológico

Nossos espaços publicitários

Banners
Anúncios VIPs
Anúncios em Destaque

Veja nossa tabela de preços completa e escolha a melhor opção no site que apresenta

Resultados Comprovados!





Central de Vendas: contato@garopabamidia.com.br - Garopaba - SC - Brasil


Desenvolvido por :Afiliado Digital
Copyright 2000-2015 GaropabaMidia.com.br - Todos direitos reservados