GMIDIA.COM
materiais que respeitem o meio ambiente
publicidade

Prefeituras digitais melhoram prestação de serviços e diminuem gastos

Gestão pública em nuvem pode abranger todas as áreas da gestão e garante continuidade de processos mesmo na pandemia do coronavírus


Prefeituras digitais melhoram prestação de serviços e diminuem gastos Sistemas de gestão em nuvem têm ajudado a melhorar os serviços oferecidos aos cidadãos no Brasil. Em Santa Catarina, centenas de órgãos públicos e prefeituras – entre elas Palhoça, Itapiranga, Rio Negrinho, Indaial e São Bento do Sul – usam ferramentas que possibilitam combater as filas nos postos de atendimento e agilizar o recebimento e o atendimento de demandas, o que é ainda mais importante para reduzir as possibilidades de contaminação com o COVID-19.

Além de fazer bem para a saúde, facilitar a vida das pessoas e solucionar problemas a partir de smartphones ou computadores, a chamada prefeitura digital ajuda a diminuir gastos públicos e gera ganhos de eficiência.

Na Grande Florianópolis, Palhoça utiliza ferramentas digitais para atender seus cerca de 172 mil habitantes. Entre junho de 2018 e fevereiro de 2020, um total de 2,17 milhões de problemas foram resolvidos sem a necessidade de os moradores saírem de casa.

Nesta época de pandemia os sistemas de gestão pública “tipo nuvem” e a Internet são cada vez mais importantes aliados da sociedade.

A gestão digital também é essencial para garantir a continuidade dos atendimentos durante a quarentena. “Hoje conseguimos trabalhar com um sistema totalmente web, integrado, onde todos os setores se comunicam e as informações estão disponíveis em tempo real. Além de ter ampliado a eficiência, conseguimos também ter muito mais transparência das nossas ações porque todos os dados alimentados já vão para o Portal da Transparência. Conseguimos melhorar, inclusive, o nosso relacionamento com o cidadão, prestando contas em tempo real de tudo o que está acontecendo dentro da prefeitura, em todos os setores, desde o banco de tributos até o de compras e o RH”, comenta a secretária de administração Cristina Schwinden.



Menos papel e mais transparência

No norte do Estado, Rio Negrinho implantou 65 serviços no Portal de Autoatendimento para facilitar a vida de seus 41 mil habitantes. Isso deu aos moradores o poder de, por exemplo, solicitar alvarás, certidões negativas de débitos, consultar notas fiscais, o andamento de licitações e fazer atualização cadastral – tudo on line.

Uma das consequências positivas para a administração local em 2019 foi ter cerca de 12 mil alvarás e 15 mil carnês digitais de IPTU emitidos pela Internet, reduzindo muito os gastos com serviços de gráfica, impressão e correios. Outra consequência imediata foi o aumento da arrecadação em relação ao ano anterior.

No Médio Vale do Itajaí e no Planalto Norte, as prefeituras de Indaial (com aproximadamente 70 mil habitantes) e São Bento do Sul (cuja população é de cerca de 85 mil moradores) também passaram a usar o sistema de empenho digital. A ferramenta conta com um fluxo de trabalho automatizado que evita erros na tramitação. Isso mantém os processos de compra junto a fornecedores em andamento, evitando demora na aquisição de insumos, e assegura transparência aos procedimentos.

A digitalização dá para prefeitos, secretários, técnicos e administradores, em um único sistema, toda a gestão do município. Desde processos licitatórios, atos de RH, contabilidade, tributação, compras, arrecadação, atendimento ao cidadão, indicadores, tudo pode ser acessado sem burocracia e com agilidade, promovendo os resultados positivos que essas prefeituras vêm obtendo.

Isso provoca celeridade nos processos, reduz custos com o autoatendimento da população pela Internet e promove um amplo corte no uso de papéis, impressões, materiais de expediente e até do arquivo morto, além do fim da necessidade de se investir em Centros de Processamento de Dados, já que a operação é totalmente online.

Como os processos são realizados em workflow (fluxo de trabalho), toda fase de cada procedimento é acompanhada. Com essa tecnologia os riscos de falhas desaparecem, pois o próprio sistema informa para cada servidor o que precisa ser feito. Isso amplia ainda mais a performance, pois o gestor consegue visualizar a fila de processos e acompanhar os prazos de realização em tempo real.

A diretora técnica de Administração de Rio do Sul, Laiana Ossemer, avalia que a digitalização dos processos traz agilidade e transparência ao cidadão, pois o que era realizado fisicamente hoje tramita somente online, “permitindo que a solicitação e seu acompanho sejam realizados de qualquer lugar”. Jovine Henrique, do departamento de Gestão de Sistemas da prefeitura de Araucária (PR), concorda com isso. Segundo ele, as respostas para as dúvidas e pendências têm maior agilidade, “reduzindo o tempo de espera, pois a comunicação é online” e tudo é armazenado em nuvem, assegurando a segurança dos dados.



Gestão pública digital é caminho sem volta

As cidades inteligentes se tornaram uma tendência mundial e hoje há iniciativas inovadoras nos setores administrativos de diversos municípios. As três esferas de poder no país estão mais abertas à readequação de métodos, comprovando estudos de entidades ligadas ao setor que indicam como um caminho sem volta o uso da tecnologia no setor público.

Ainda em 2018, a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) projetava para o Brasil um crescimento anual de 27% no ranking de desempenho global de computação em nuvem até 2021. Por outro lado, a Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) mostrou que estamos em nono lugar no volume de investimentos em tecnologia da informação.

Além de representar aprimoramento no serviço público e facilidade para a população, a gestão digital é uma oportunidade econômica para empresas do disputado setor da tecnologia da informação. A catarinense IPM Sistemas atua na área há mais de duas décadas, tendo dedicado oito anos exclusivamente para desenvolver e homologar um sistema próprio de computação na nuvem. Esse foi o diferencial para ter um produto que gera diminuição de despesas para as prefeituras, conduzindo à consolidação nos estados do Sul do País e a expansão de atividades para o Sudeste do Brasil, atendendo hoje em municípios de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

Quando montou a empresa, em Rio do Sul, Aldo Mees queria criar soluções em softwares para que prefeituras pudessem elevar a arrecadação e, principalmente, melhorar o atendimento à população. “O grande problema no Brasil era o alto custo para a implantação da gestão digitalizada. Adquirir servidores, licenciar sistemas, construir o espaço físico ideal, fazer a manutenção dos equipamentos, ter energia, refrigeração e segurança física exigia um suporte financeiro muito elevado, algo que em um país com carga tributária tão elevada quanto a nossa tornava inviável o processo”, diz.

Por causa disso, Mees e sua equipe precisaram inovar. E, ao concluir um sistema próprio, passaram a comercializar uma ferramenta digital mais acessível, que não exige a implantação de um Centro de Processamento de Dados próprio do município. “Funciona tudo online. Tanto gestores quanto o cidadão comum acessam a ferramenta pela Internet usando um smartphone, um tablet ou um notebook a qualquer horário do dia, em qualquer lugar do mundo. Imagine o prefeito em uma viagem para Florianópolis ou para Brasília. Pelo próprio celular ele pode, por exemplo, assinar vários documentos digitalmente, evitando o acúmulo de trabalho para quando retornar ao seu município” destaca.



Cidades que fazem gestão pública digital divulgam gastos com COVID-19

A chegada da pandemia do coronavírus ao Brasil levou a IPM Sistemas buscar meios de auxiliar os gestores públicos. A ferramenta oferecida pela empresa ganhou uma nova e fundamental função: ser uma eficiente ferramenta de controle dos investimentos relativos à doença.

Prefeituras que já eram digitais puderam facilmente cumprir a missão de dar transparência aos gastos com a compra de materiais e medicamentos destinados ao combate à COVID-19. Os dados são incluídos no sistema e automaticamente ficam disponíveis no Portal da Transparência da cidade. E, de modo simples e prático, qualquer pessoa pode saber o quanto está sendo investindo, a quantidade de material adquirida e quais são os fornecedores.

Em Itapiranga, no Extremo-Oeste de Santa Catarina, a população de pouco mais de 16 mil moradores vive a preocupação com o COVID-19. “Mas nós temos que dar atenção total também para mostrar quanto estamos investindo, quais produtos estamos adquirindo e de quem estamos comprando para assegurar a qualidade de vida dos cidadãos. A tecnologia nos dá a tranquilidade e a segurança de que essas informações ficam à disposição da sociedade e dos órgãos de fiscalização”, comenta o prefeito Jorge Welter.

Ele conta que, por meio do sistema digital da IPM a prefeitura realizou o primeiro pregão eletrônico para a aquisição de máscaras de proteção. “E foi algo que nos possibilitou ainda contribuir para a economia de Santa Catarina, pois a vencedora foi uma empresa de Blumenau, que nos deu a melhor opção, com produto de qualidade e menor preço”, afirma.

Fonte: ND Mais



Samuel Cardoso Damazio       30/06/2020 As 12:05:48


energia limpa, gratuita, inesgotável e sustentável
publicidade

Supermercado Silveira - Pinguirito


Supermercado Silveira - Pinguirito

Açougue, padaria, frios, bebidas, vinhos, artigos de praia, brinquedos, et...


Serralheria em garopaba


Serralheria em garopaba

Serralheria em Garopaba. Queiroz Serralheria. Portas e Portões de Ferro co...

Galeria de Vídeos

Fanfarra dá Show em desfile de sete de ...

Cobertura de eventos

Lagoa de IbiraqueraLagoa de Ibiraquera

Fotos da Região

Fotos de Gastronomia Gastronomia

Lazer & Entretenimento

DJ Léo Mix Iluminação Sonorização -... DJ Léo Mix Iluminação Sonorização -FESTA- BALADA Praia do Rosa Garopaba Imbituba SC

Nossos espaços publicitários

Banners
Anúncios VIPs
Anúncios em Destaque

Veja nossa tabela de preços completa e escolha a melhor opção no site que apresenta

Resultados Comprovados!





Central de Vendas: contato@garopabamidia.com.br - Garopaba - SC - Brasil


Desenvolvido por :Afiliado Digital
Copyright 2000-2015 GaropabaMidia.com.br - Todos direitos reservados