GMIDIA.COM

Paraglaiding


Paraglaiding é um esporte recreativo e competitivo de voar. O piloto está sentado em uma cadeirinha suspensa abaixo de um pára-quedas de tecido. Periodicamente ao longo do ano, você pode olhar para cima e vê-los planando acima de sua cabeça no céu de Garopaba desde o Morro das Antenas deslizando tão graciosamente, algo mágico.

O Parapente, também conhecido como Paraglider nos países de língua inglesa, surgiu inicialmente na Europa no início dos anos 80, que por necessidade dos alpinistas, após escalar montanhas, a fim de descer facilmente, utilizavam o equipamento para descê-las voando. No início os parapentes (paraglider) ainda eram experimentais e seu uso se resumia à pequenos vôos. Nos dias de hoje, inúmeras fábricas surgiram no mundo inteiro e os projetos têm se evoluído cada vez mais, proporcionando vôos cada vez mais seguros e mais longos, neste espetacular esporte radical.

No Brasil, o primeiro vôo de Paraglider que se tem registro aconteceu em 1988, no Rio de Janeiro, onde dois suíços decolaram da rampa da Pedra Bonita que já era utilizada por praticantes de asa-delta. A novidade atraiu a atenção de alguns cariocas que tinham em comum o fascínio pelo vôo-livre.

Assim se formou o primeiro grupo de pilotos brasileiros. O vôo, que naquela época durava poucos minutos, às vezes não permitia ao piloto chegar na praia, o que o obrigava a procurar um lugar para pousar em meio do caminho.

A asa-delta surgiu primeiro, no início dos anso 70. No Rio Grande do Sul, os primeiros vôos foram realizados em 1976 por um grupo de policiais rodoviários que se dominavam os "Falcões".

Realizaram as suas primeiras experiências no Morro do Chapéu em Sapucaia do Sul. Posteriormente descobriram o Morro Ferrabraz (Sapiranga), onde o esporte realmente se firmou e evoluiu.

Atualmente o planejo dos parapentes chega a ultrapassar a razão de 8/1, ou seja, para cada 8 metros voando para frente 1 metro de altitude é perdido.

Graças à evolução da tecnologia os vôos de distância têm se tornado cada vez mais frequentes, iniciando uma corrida pela quebra dos recordes mundiais

Considerado por seus praticantes como um esporte radical, o Paraglider (ou parapente), diferente do pára-quedismo, o objetivo é plainar durante o maior tempo possível, enquanto no pára-quedismo a grande emoção está na sensação da queda livre

Reúne pessoas de diferentes classes sociais, formação cultural e condicionamento físico, dividem rampas do pais como se fossem uma grande família. A camaradagem e o bom humor são facilmente encontrados no meio.

No paraglider o esportista fica "sentado", na asa-delta o piloto "deita de barriga".

Na asa-delta é preciso uma rampa para saltar, no paraglider ou parapente, tendo um espaço na montanha ou morro é o suficiente. O paraglider só decola se estiver aberto.




Boletim das Ondas

Veja o boletim completo

Praia da Ferrugem

O mar baixou, as ondas quebram com meio metro nas séries, nada de especial, mas, valendo a brincadeira. As dicas são os picos de Norte, Rosa, Ferru...


Viva Bicho - Clínica Veterinária e Pet Shop - Plantão 24 horas


Viva Bicho - Clínica Veterinária e Pet Shop - Plantão 24 horas

Clínica Veterinária e Loja especializada em Cães e Gatos: Alimentos, Med...

Fotos da Região

Turismo Turismo

Lazer & Entretenimento

Pico da Tribo Pico da Tribo




Central de Vendas: contato@garopabamidia.com.br - Garopaba - SC - Brasil


Desenvolvido por:GaropabaMídia
Copyright 2000-2015 GaropabaMidia.com.br - Todos direitos reservados